Estreia Balé da Cidade no Theatro Municipal

De Instituto Odeon em 27 de março de 2018


Em 2018, a temporada do Balé da Cidade começou com um programa inspirado em um dos maiores artistas do nosso país, Caetano Veloso.

As músicas de Caetano, tantas vezes interpretadas por grandes artistas, agora ganham uma representação na dança. “Um Jeito de Corpo – Balé da Cidade Dança Caetano” estreou no dia 15 de março, no Theatro Municipal de São Paulo.

O espetáculo é assinado pela coreógrafa Morena Nascimento, com direção musical do músico e historiador Cacá Machado, figurinos de Isadora Gallas, cenografia de Marcel Kaskeline, iluminação de Aline Santini, Visagismo de Luiz Parisi, dramaturgia de Vadim Nikitin e consultoria de José Miguel Wisnik.

Na plateia, presenças ilustres prestigiaram a estreia, que foi também  destaque na coluna de Monica Bergamo (Folha de S. Paulo).

Destaque inclusive, para o Diretor Presidente do Instituto Odeon, Carlos Gradim.

Visita do Ministro da Cultura Argentina no Museu de Arte do Rio – MAR

De Instituto Odeon em 13 de março de 2018


Na última sexta-feira, 9 de março, o ministro da Cultura da Argentina, Pablo Avelluto,
esteve no Museu de Arte do Rio – MAR para conhecer a experiência do Instituto Odeon na
gestão de equipamentos culturais públicos. Avelluto visitou o MAR a convite do seu par
brasileiro, ministro Sérgio Sá Leitão, que também participou do encontro.
O diretor-presidente do Instituto Odeon, Carlos Gradim, comandou a reunião de trabalho, que
contou ainda com a presença de outras autoridades argentinas: o secretário de Patrimônio
Cultural, Marcelo Panozzo, o subsecretário de Cultura Cidadã, Nicolás Roibas, e a cônsul-geral
adjunta da República Argentina no Rio de Janeiro, Florencia Riberos.

A diretora de Projetos e Conformidades do Odeon, Ana Carolina Lara, apresentou aos
convidados as diretrizes e os resultados da gestão do MAR, primeiro equipamento cultural do
município do Rio gerido por uma Organização Social. O modelo de gestão prima pela agilidade
dos processos, transparência e eficiência, contribuindo para a sustentabilidade e longevidade
das transformações culturais trazidas pelo MAR.

Ao fim da reunião, o ministro argentino falou sobre a visita: “Queremos comparar a
organização da política de cultura pública do Brasil com a que temos na Argentina. Estamos
aprendendo, conversando e estudando nossas diferenças para ter mais ferramentas para a
nossa gestão. Estamos muito felizes com o que conhecemos sobre a gestão do museu com o
Instituto Odeon”.