O Instituto Odeon é uma associação privada de caráter cultural, sem fins lucrativos, que tem a missão de promover a gestão e a produção cultural e artística de excelência, em diálogo com a educação, agregando valor público para a sociedade. O Instituto foi formado a partir de uma ampliação da Odeon Companhia Teatral, organização criada em 1998. Tendo sido qualificado como Organização Social (OS) no Rio de Janeiro, o Instituto Odeon tornou-se, em 2012, parceiro da Prefeitura da Cidade na gestão do Museu de Arte do Rio – MAR. Com a assinatura do contrato de gestão, a experiência da Odeon no segmento cultural passa a ser utilizada no gerenciamento de um dos equipamentos mais importantes na revitalização da área portuária da cidade. A parceria firmada entre a Prefeitura e o Instituto Odeon garante, em termos administrativos e conceituais, as condições necessárias para o pleno desenvolvimento do programa do Museu de Arte do Rio - MAR. O modelo de gestão prima pela agilidade dos processos, transparência e eficiência, contribuindo para a sustentabilidade e longevidade das transformações culturais trazidas pelo MAR.

O Odeon atua hoje no MAR e no Theatro Municipal de São Paulo, e esteve presente em grandes projetos ligados ao setor público, como a Coordenação Executiva do projeto Circuito Cultural Praça da Liberdade, do Governo de Minas Gerais; a Coordenação Geral do Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ -1999) por meio de um convênio com a Fundação Municipal de Cultura - um órgão ligado à Prefeitura Municipal de Belo Horizonte; a criação e execução do Programa Valores de Minas (entre 2005 e 2010), entre outros. Nesse período, por meio de um convênio com o Serviço Voluntário Assistência Social (SERVAS), órgão ligado ao Governo do Estado de Minas Gerais, o Odeon assumiu a Coordenação do Valores de Minas, programa que compreende a formação de jovens por meio de oficinas de arte (teatro, circo, música, dança e artes plásticas) - onde foram produzidos 5 espetáculos teatrais com estudantes da rede pública de Belo Horizonte/MG.

Leia aqui o livro O Terceiro Setor na Gestão da Cultura: a perspectiva a partir do Museu de Arte do Rio.

Missão

Promover gestão e produção cultural e artística de excelência, em diálogo com a educação, agregando valor público para a sociedade

Visão

Transformar a percepção da sociedade sobre os equipamentos culturais, reforçando as conexões da arte com os espaços públicos e com os indivíduos

Valores

Gestão transparente e participativa
Transgressão nas conexões entre arte e educação
Qualidade no emprego de recursos públicos e privados
Perenidade dos equipamentos culturais
Pertencimento entre usuários, fornecedores, financiadores, colaboradores e gestores
Alteridade, integridade e responsabilidade nas ações